PT – Livro Colorir os afetos – Nuno Vilaranda

126


Omnia Vincit AMOR – O caminho dos afetos

Chiado Books | 2019

Autor do livro PAI, VEM ME VER 4ª Edição em Portugal e no Brasil

Omnia Vincit AMOR

Um livro escrito para ADULTOS e ilustrado para jovens e crianças. Aquele livro que faltava para jovens e crianças lerem e para que os adultos possam aprender com as ilustrações.

“Uma família, dois Castelos” é um dos contos que faz parte do livro – Omnia Vincit AMOR, o caminho dos afetos – da autoria de Nuno Vilaranda e ilustrado pelo próprio e foi publicado no dia 1 de junho de 2019, pelas 17h30, na Chiado Grupo Editorial, em Lisboa – Portugal.

Para além do lançamento do livro estiveram em exposição as 18 obras de arte (ilustrações) realizadas pelo autor e que deram cor ao livro dos afetos. Bem como, foram construídos um conjunto de jogos e outros matérias de merchandising a pensar nas CRIANÇAS, nos JOVENS e nos ADULTOS.

“Mais que um livro, estas palavras transportam uma missão: a continuidade do meu voluntariado em prol da liberdade dos afetos das crianças, filhos e filhas de pais e mães separadas, bem como, uma nota de crédito à palavra – Amor”. Nuno Vilaranda para além de escrever um livro e de o ilustrar, criou ainda, com a ajuda de vários parceiros, diversos produtos originais, para que pais, mães e filhos possam ler, brincar, desenhar e pintar, acima de tudo partilhar.

Estes três contos ilustrados pelo próprio, tentam fazer renascer os contos de “Era Uma Vez” para crianças, jovens e adultos. Narrados na época medieval, mas baseados em fenómenos sociais e familiares do século XXI, estes contos apresentam-se como um intencional paradoxo, visando despertar consciências.

“Todos os adultos têm dentro de si uma criança e todas as crianças e jovens serão, um dia, adultos, experienciando uma viagem que apenas é possível com muito Amor. Os três contos reunidos visam cumprir a missão de transmitir às crianças, aos jovens e aos adultos valores positivos, compreensão e estratégias psicologicamente saudáveis face a várias realidades sociológicas: O amor entre dois adultos, divórcio, o envolvimento parental, quebra injustificada de vínculos, parentalidade patogénica e maus-tratos. Idealizados com sensibilidade e ancorados no espírito dos contos de fadas, valorizam a poesia da infância sem descurar a importância da pedagogia construtiva na superação de momentos difíceis.”

Um livro com prefácio do Prof. Doutor Hernâni de Carvalho (Jornalista e apresentador na SIC), Dr. Luís Maia (Escritor e jornalista), e da apresentadora das Manhãs CM – a ilustre Maya. Um aglomerado de páginas coloridas que terminam com um comentário da Doutora Eva Delgado-Martins (Psicóloga e Doutorada em Educação Parental). Ressalva-se que o livro, mesmo antes de ser tornado público já conta com o apoio de diversas associações nacionais e internacionais, tais como: A Associação Portuguesa Igualdade Parental e Direitos dos Filhos (APIPDF) – Portugal; a Associação Brasileira Criança Feliz (ABCF) do  Brasil; Sociedade Brasileira de Psicologia Jurídica (SBPJ) –Brasil; Association Against Parental Alienation (AAPA) – Lituânia; Familes Need Fathers Scotland – Escócia e por último a Associação Mexicana de Pais de Família Separados (AMPFS) no México, que inclusive convidou o autor a publicar os seus livros no seu país.

“Escrever trata-se de um simples processo de materializar o nosso sonho. Escrever esta obra fez parte da minha libertação e é o meu contributo para que, de facto, a mudança seja uma realidade na nossa sociedade.

Eu ainda sou do tempo em que as histórias, os contos começavam sempre por «Era uma vez», histórias de príncipes e princesas que viviam e eram felizes parar sempre.

Ora bem, hoje a realidade é outra. Mudanças a vários níveis surgiram nas famílias, na sociedade e é determinante existirem reajustamentos, mudanças e alterações em cada um de nós enquanto indivíduos, no grupo enquanto membros da sociedade e ainda, nas instituições em todos os níveis para que, possa existir uma maior equidade, igualdade e liberdade de afetos – pelos nossos filhos.”

De referir que parte das receitas deste projeto irão reverter a favor da Associação Portuguesa para a Igualdade Parental e Direitos dos Filhos.

Autor do livro e das ilustrações

Nuno Vilaranda. Nascido em 1979 na cidade de Chaves – Portugal. Pai de dois filhos, é Guarda Principal da Guarda Nacional Republicana e frequenta a licenciatura de Ciências Sociais na Universidade Aberta. É membro vogal da direção da Associação Portuguesa para a Igualdade Parental e Direitos dos Filhos (APIPDF) desde julho de 2011 e cofundador do Núcleo Regional de Évora da APIPDF que coordena atualmente, funções que exerce voluntariamente. Editou um livro em 2012 pela Chiado Editora, intitulado “Pai, vem me ver…” que se encontra atualmente na 4ª edição em Portugal e com uma edição especial adaptada no Brasil. Na escrita tem participado em várias coletâneas da Chiado Editora. 

Nuno Alexandre Alves Vilaranda

Tlm.: +351 962890663

E-mail.: omniavincitamor2019@gmail.com

              nvilaranda@gmail.com